Bibliotecas Escolares

O Agrupamento de Escolas de Arraiolos e as suas duas Bibliotecas, ambas integradas na RBE (Rede de Bibliotecas Escolares), seguem as diretrizes por ela emanadas, nomeadamente, as que são referidas no Manifesto da Biblioteca Escolar, aprovado pela UNESCO, na sua Conferência Geral em novembro de 1999. Têm como principal objetivo disponibilizar serviços para que se efetue o ensino/aprendizagem, livros e recursos que permitam a todos os membros da comunidade escolar tornarem-se pensadores críticos e utilizadores efetivos da informação em todos os suportes e meios de informação.

 

O Agrupamento de Escolas de Arraiolos, à semelhança de outras Escolas e Agrupamentos, assenta a sua autonomia pedagógica em quatro documentos fundamentais: o Projeto Educativo, o Plano Anual de Atividades, o Orçamento e o Regulamento Interno. O Projeto Educativo tem anulamente um tema unificador sugerido em sede de Departamento e escolhido em Conselho Pedagógico. As duas bibliotecas estão de acordo com a lei vigente, referenciadas nos mesmo documentos. O funcionamento  das bibliotecas está contemplado no seu Regimento Interno, o qual tem o parecer do Conselho Pedagógico e é aprovado pelo Conselho Geral.

 

No que diz respeito à sua localização, uma das Bibliotecas fica situada na EB1/JI de Arraiolos. Tem como principal objetivo servir a população escolar do edifício que constitui a referida escola, dando ainda apoio aos Jardins-de-Infância e às restantes escolas do 1º ciclo do Agrupamento. A outra Biblioteca localiza-se na escola sede, EB 2,3/ES Cunha Rivara.

 

As Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Arraiolos estão integradas desde 1999 e 2002, na Rede de Bibliotecas Escolares, estando os respetivos catálogos disponíveis em linha.

O Agrupamento de Escolas de Arraiolos foi homologado em 14/05/2004, por despacho da Direção Regional de Educação do Alentejo.